Leia aqui algumas informações básicas, mas de grande importância para quem pretende deixar de ser tão somente um consumidor desse produto fundamental para os rebanhos

Tópico 01 Tópico 03

O sal mineral nada mais é que uma mistura de vários nutrientes minerais. Alguns destes nutrientes entram na mistura em pequenas quantidades e são por isso chamados micronutrientes. Já outros nutrientes entram em quantidades maiores e por isso são chamados de macronutrientes.

Exemplo genérico
11,5 kg - sal comum (46%)
12,5 kg - fonte de cálcio e fósforo (50%)
01,0 kg - micronutrientes e outros macronutrientes (4%)
Total = 25kg
Tópico 02 Tópico 04
Quando, por exemplo, compramos na loja agropecuária 1 saco de 25kg de sal mineral específico para vacas leiteiras e pronto para uso, estamos adquirindo basicamente o seguinte: Pela mistura acima, podemos dizer que o sal comum (46%) e a fonte de cálcio e fósforo (50%) entram em grande proporçao e por isso são chamados macronutrientes. Vale ressaltar porém que os 4% restantes que compõe a mistura não é formado apenas de micronutrientes, mas sim por uma mistura de macro e micronutrientes.
Tópico 05 Tópico 06
A fórmula utilizada para misturar todos esses nutrientes, ou seja, a quantidade maior ou menor destes elementos na mistura, varia devido a vários fatores. Por exemplo: bois em regime de engorda exigem uma mistura mais rica em cálcio e fósforo que bois vivendo a pasto durante a seca. Do mesmo modo vacas em lactaçao são mais exigentes que vacas secas. A questao colocada no Tópico 05, dizendo que a proporção dos diversos nutrientes na mistura mineral varia de acordo com diversos fatores (alguns foram citados no tópico ao lado), deve sempre estar na mente do pecuarista, não apenas p/ evitar um fornecimento insuficiente como também para evitar desperdício.


Página Inicial

Sal Mineral para Bovinos